O que considerar na hora de escolher livros para crianças?

Mulher escolhe livros para crianças em prateleira enquanto os filhos brincam ao fundo.

Escolher livros para crianças nem sempre é fácil. Temos que pensar se o tema será do agrado do jovem leitor, se a quantidade de ilustrações está adequada, como o autor desenvolve as narrativas, se o material (físico) é apropriado, entre muitas outras questões. Pensando nisso, desenvolvemos este conteúdo. Leia, aprenda e esteja mais seguro no momento da compra!

Observe a dificuldade do texto

Existem livros para crianças indicados em cada faixa etária. Afinal, as obras vão acompanhar o desenvolvimento da criança, abordando temas, personagens e vocabulários específicos que criarão a melhor conexão com ela. Portanto, o primeiro passo é observar o conteúdo. 

Enquanto, meninos e meninas menores de três anos vão preferir pouco texto, frases curtas e muita e simplicidade na narrativa, os maiores, pós-alfabetização, podem ser apresentados a mais palavras e complexidade textual. É possível, por exemplo, relacionar a temática com a fase vivenciada pela garotada, como desfralde, primeiro dia na escola e luto.

Rimas, músicas e protagonistas que enfrentam um único dilema são indicados para quem está começando a ter contato com os livros. A próxima fase é composta por fábulas, contos de fadas e enredos um pouquinho mais densos. Após a maturidade do leitor, recomendamos histórias com mais de um tema, personagens com caráter definido (herói ou vilão) e mais conteúdo do que figuras. Permita que a criança vivencie cada processo até se formar um amante dos livros

Repare nas ilustrações

A escolha de livros para crianças de até dois anos é guiada, principalmente, pelas ilustrações. Isso porque o contraste de cores vai ajudá-las a desenvolver o foco da visão. Os tons vibrantes arrebatam os pequenos. Opte por figuras bem definidas, coloridas e que permitam que o minileitor faça associações entre a imagem e a palavra lida.

É muito legal conhecer o trabalho de diferentes ilustradores, já que eles usam as imagens como forma de expressão. Que tal montar um acervo diversificado? Há figuras estilizadas, minimalistas, simbólicas, sombreadas, colagens… Apresente todos os estilos à criança. Assim, o repertório estético dela, assim como a experiência da leitura, ficam muito mais ricos.

Analise o material dos livros para crianças

Quando ainda não sabem ler palavras, as crianças leem cores e texturas. Macio, duro, áspero e liso fornecem sensações encantadoras aos pequenos. Além disso, livros de pano, borracha ou plástico podem ser boas alternativas para os bebês, que tendem a colocar tudo na boca. Pontas arredondadas também são indicadas nesse momento. 

As capas duras, com interior de papéis mais grossos, são uma boa pedida aos pequenos em processo de descobertas e redescobertas diárias com o reconhecimento de palavras, objetos e personagens. Atividades interativas, tal qual a montagem ou encaixe de peças, podem fazer toda a diferença em qualquer estágio do leitor.

Cada livro, desde o material de sua constituição, conta uma história. Mais que o enredo, o objeto propõe uma narrativa especial, construída por meio da manipulação do jovem leitor. O processo começa com a observação, passa pelo toque, pelo cheiro e não termina com o virar da última página. Afinal, o fim convida a um novo recomeço.

Pesquise sobre o autor e a editora

A última dica é um convite para que você saiba mais sobre o autor antes de escolher livros para crianças. Pesquise sobre as inspirações deles, biografia, outras obras publicadas, opiniões de leitores e temas comumente abordados. Quem sabe não nasce aí o match perfeito. 

O mesmo trabalho deve ser feito em relação à editora. Priorize empresas sérias, que ofereçam um catálogo diversificado, se preocupem com a qualidade do material e do conteúdo, além de ocupar lugar de referência no universo da literatura infantil. Nós, da Aletria, narramos o mundo para encantar os pequenos, com sorrisos, alegria e muita imaginação.

Com as dicas que você aprendeu acima, será possível tomar a decisão certa no momento de escolher livros para crianças. Lembre-se que cada uma delas é única, com seu próprio tempo de desenvolvimento. Compreenda as necessidades do pequeno, buscando livros que contenham as características que possam preenchê-las. Aproveitando a visita, queremos te convidar a conhecer mais a história da Editora Aletria. Clique aqui!